sábado, 21 de janeiro de 2012

Campanha pela Popularização dos Livros Digitais

Pensando na situação atual do mercado de livros e leitores digitais no Brasil resolvemos criar esta campanha, que visa popularizar os ebooks e ereaders.
Porque livro digital?
Porque é uma ótima forma de distribuir conteúdo. Novos autores podem publicar com custos muito menores que um processo impresso. Editoras podem ampliar sua base de leitores. Existem várias oportunidades que se abrem com o livro digital. Para os leitores, especialmente, os ebooks significam preços menores, fim das edições esgotadas, livros acessíveis a qualquer momento, leitura em qualquer lugar, com qualquer aparelho.
Por que ereaders?
São mais confortáveis para ler ebooks. São leves, podem carregar muitos livros, têm uma bateria duradoura. O leitor pode ajustar o tamanho da fonte conforme a necessidade. Usam uma tecnologia de tinta eletrônica, que não cansa os olhos em uma leitura prolongada. E estão cada vez mais baratos e acessíveis.
Quais os objetivos da campanha?
1 - Esclarecer a população em geral sobre as possibilidades da leitura digital. Muitas pessoas ainda ignoram os benefícios dos ebooks e ereaders. Queremos mudar isso. Quanto mais pessoas conhecerem as vantagens e lerem ebooks, mais ebooks serão oferecidos no mercado, com preços melhores.
2 - Conseguir mais opções de livros digitais com qualidade, incentivando editoras e autores a disponibilizar seus livros em formato digital - mostrar a eles que os leitores querem, sim, ler no formato digital!
3 - Melhorar a qualidade dos serviços existentes hoje. Garantir que editoras e livrarias recebam o feedback valioso de quem lê livros digitais.
Como você pode ajudar a alcançar estes objetivos?
- Participe ds nossa fã page no Facebook. Não sabe como ler um livro digital? Achou um ebook mal feito, uma livraria que atendeu mal? Tem uma ideia bacana para melhorar os ebooks? Compartilhe suas ideias! Outros leitores e profissionais da área estarão observando e poderão ajudar a melhorar o livro digital no Brasil. Conte aos seus amigos as vantagens dos ebooks. Ajude amigos autores a publicar em formato digital. Peça para a editora publicar mais livros digitais!
- Cole o selo da campanha em seu blog:

Para colar basta copiar o código abaixo e usar na sua página:
- Publique este post em seu blog
- Tweet sobre a campanha usando a tag #euapoioebook
- Se você conhece algum editor ou autor, nos apresente a ele.
- Siga os sites Kindle Blog Brasil e Revolução Ebook para ficar por dentro das novidades sobre livros digitais

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Resoluções literárias para 2012



Minha meta de leitura para 2012, mas se vier mais alguns, no problem!

1. Precisamos falar sobre Kevin – e-book
2.Quarto
3.Um conto de duas cidades
4.Grandes Esperanças
5.Os quatro amores
6.Amor nos tempo de cólera
7.O retorno do pequeno príncipe
8. Emma
9.Um homem de sorte
10.Um dia
11.Tudo aquilo que nunca foi dito
12.Encontrar você
13.As fundações
14.As memórias do livro
15.A senhoria
16.A morte de Ivan Ilitch
17.A mulher do viajante no tempo
18.Ana Karenina
19.Confie em mim
20.A sociedade do anel – e-book
21.As duas torres – e-book
22.O retorno do rei – e-book
23.Castelo interior
24.Cinco dias em Paris
25. Queda de gigantes
26. O tempo entre as costuras
27.A última grande lição
28.Eu sou o numero quatro – e-book
29.Tenha um pouco de fé
30.O menino do pijama listrado – e-book
31.Jane Eyre – e-book
32.Ps, Eu te amo – e-book


Um poema para iniciar a semana


“Moro na possibilidade,
casa mais bela que a prosa,
com muito mais janelas
E bem melhor, pelas portas
De aposentos inacessíveis,
Como são, para o olhar, os cedros,
E tendo por forro perene
Os telhados do céu.
Visitantes só os melhores;
Por ocupação, só isto:
Abrir amplamente minhas mãos estreitas
Para agarrar o paraíso.”
(Poemas Escolhidos – Emily Dickinson, ed. L&PM. pa´g. 45 e 47)
Abraços!

Litteras et Fidem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Copyright 2014 Litteras et Fidem: Janeiro 2012 . Personalizado por Meri Pellens . Tecnologia do Blogger.
*Proibido cópia sem autorização da autora. Plágio é crime previsto por lei.*