sábado, 31 de dezembro de 2011

No último dia do ano, termino o último livro do ano

No último dia do ano, termino de ler meu último livro, talvez o que mais demorei para ler, porque não foi um livro de se ler rápido. Foi um livro de ensinamento e que exigiu muita reflexão de minha parte, e acho que da parte de todos que o leram. Ler vida de Santo para mim é um deleite, em especial essa Santa, pois tudo o que vem dela para mim é maravilhoso, me dá esperança e me dá consciência do meu papel como cristã nesse mundo permissivo e moderno.

Vi que Santa Teresa D´Ávila é tão humana quanto eu e ao mesmo tempo me levava as lembranças de Santa Edith Stein, já que este foi o livro de sua conversão. Imaginava-a lendo em uma noite um livro que levei meses para terminar!
Essa é a graça da leitura, te levar a imaginar, a sair do seu mundo as vezes difícil de aturar e parar em outras vidas e estórias/histórias. Este ano perdi o sono com a Lisbeth Salander ( Trilogia Millenium), chorei e ri com os personagens do Nicholas Sparks, Dostoíevski e Ben Shewood, cresci espiritualmente com tantos Santos como São Pedro de Alcântara e Sta. Teresa, quebrei preconceitos surfando no Hawaí (A Onda) e lendo pessoas maravilhosos e brasileiras  como Glória Leão do blog  http://cafecomglorinha.blogspot.com/  e com a Flávia Mariano do blog http://depoisdos25masantesdos40.blogspot.com/. Além de aprofundar em várias áreas da minha vida, fiz mais que isso... Me diverti com meus maiores amigos: Meus livros!

Para o próximo ano tenho a proposta de não comprar mais livros e ler o que tenho em casa, sem fazer lista para que minhas escolhas de leitura sejam mais livres e de acordo com meu humores. A única coisa que quer manter é o desejo de voar e me divertir muito a cada página e livro que eu passar!


Então fica a lista do que li este ano de 2011:



33- O Livro da Vida - Santa Teresa

32- Noah foge de casa - John Boyne

31- Questões do Coração - Emily Giffin

30- Gente Pobre - F. Dostoiévski

29- Método Fenomenológico de Investigação em Psicologia - Amedeo Giorgi e Daniel Sousa

28- Tratado da Oração e da Meditação - São Pedro de Alcântara

27-Psicologia Fenomenológica - Yolanda Cintrão Forghieri

26- Surdo Mundo - David Lodge

25- Morte em Veneza - Thomas Mann

24- Temperamento Forte e Bipolaridade - Diogo Lara

23- O Morro dos Ventos Uivantes - Emily Brontë

22- O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry

21- O diário de Anne Frank (Edição definitiva)

20- A Rainha do castelo de ar - Millenium 3 - Stieg Larsson

19- Diário de uma paixão - Nicholas Sparks

18- Um amor para recordar - Nicholas Sparks

17- Na esquina do tempo nº50 - Glória Leão

16- Morte e Vida de Charlie St. Cloud - Ben Sherwood

15- As neves do Kilimanjaro e Outros Contos - E. Hemingway

14- O Velho e o Mar - Ernest Hemingway

13- Razão e Sensibilidade - Jane Asten

12- Fédon - Platão

11- Caminho de Perfeição - Santa Teresa de Jesus

10- A vida intelectual - A.D. Sertillanger

9- Apologia de Sócrates - Platão

8- A Onda - Susan Casey

7- O eterno marido - F. Dostoiévsky

6- A menina que brincava com fogo - Millenium 2 - Stieg Larsson

5- O homem que não amava as mulheres - Millenium 1 - Stieg Larsson

4- Minha mãe me ensinou a sonhar - Flávia Mariano

3- As horas de Katharina - Bruno Tolentino

2- Equilíbrio - Flávia Mariano

1- Cada dia mais perto - Irvin D. Yalon

Para todos da blogosfera um feliz 2012 e muitas leituras para todos!!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Me rendi ao Kindle


Me rendi ao Kindle!
Durante todo esse tempo vinha lutando contra essa onda de e-readers, mas não resisti!
Além de bonitinho é muito pequeno e mais fino que um tablet ou ipad, não pesa na bolsa e eu posso carregar 3.500 livros sem ficar com problemas na coluna! Eu carregava 2 ou 3, agora não preciso carregar tanto peso assim...

No início a gente estranha um pouco, mas logo se acostuma. Não é touch, então não dá para virar a página (é engraçado ver meus filhos passando o dedinho para tocar e eu tenho que dizer "não filho, não é touch"!). Não tem o cheirinho de livro, mas se a abstinência for muita, dou uma cheradinha nos livros em casa ou numa livraria...rsrsrs.

O kindle é bem legal, porque tem wi-fi e vc baixa textos e livros em PDF, isso facilita muito achar livros grátis na internet, mas mesmo se resolver comprar algum livro, na Amazon.com, são bem baratos os livros em inglês e tem livros em português, inclusive alguns grátis. Mesmo se não tiver wi-fi, ele é plug and play, ou seja, conectou no computador está instalado e transferir os textos é fácil, fácil. É só arrastar!

Ao contrário do que se pensa, o Kindle não cansa os olhos porque a tela e a definição dele se aproximam muito de um livro, o que se torna uma desvantagem ler no escuro, porque sem luz vc não enxerga nada.
Ainda sim acredito que foi uma ótima opção para mim que não tenho parado muito em casa. E não sei ficar sem ler um minuto que tenho folga.

Claro que eu ainda não consigo levar só o kindle e ainda carrego ao menos um livro na bolsa, mas fazer o que? Ainda tenho muitos livros de papel na estante para ler e alguns chegando via correio.

Para que está resistente aos e-readers, eu digo: não fique! É um bom investimento literário e custa barato, alguns custam menos de 100 dolares! O meu comprei direto no site da Amazon e chegou em 3 dias, embalagem bem lacrada e com nota fiscal. Você só precisa habilitar seu cartão de crédito para compras internacionais, e comprar aquele adaptador de tomada com USB, igual as tomadas da apple. Depois é só diversão!

Alguns sites legais onde vc pode aprender mais sobre o kindle e baixar livros for free:

  • http://www.amazon.com/
  • http://kindle.blog.br/
  • www.manybooks.net
  • kindleportugal.blogspot.com

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Hoje é dia de Nossa Senhora da Conceição



"Neste dia comemoramos solenemente o dogma da Imaculada Conceição de Nossa Senhora, a Rainha de todos os Santos.
Esta verdade reconhecida pela Igreja de Cristo, é muito antiga. Muitos Padres e Doutores da Igreja oriental ao exaltar a grandeza de Maria, Mãe de Deus, tinham usado de expressões como: cheia de graças, lírio da inocência, mais pura que os anjos.
A Igreja ocidental que sempre muito amou a Santíssima Virgem, tinha uma certa dificuldade para a aceitação do mistério da Imaculada Conceição. Foi o franciscano Duns Scoto no séc. XIII, quem solucionou a dificuldade ao mostrar que era sumamente conveniente que Deus preservasse Maria do pecado original, pois era Maria destinada a ser mãe do seu Filho.
Isso era possível para a Onipotência de Deus, portanto, Deus, de fato, a preservou, antecipando-lhe os frutos da redenção de Cristo. Graças a Deus, rapidamente a doutrina da Imaculada Conceição de Maria no seio de sua mãe Sant’Ana foi introduzido no calendário romano.
A própria Virgem Maria apareceu em 1830 a Santa Catarina de Labouré, pedindo que se cunhasse uma medalha com a oração: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós”. Nesta aparição ficou conhecida como Nossa Senhora das Graças (Medalha Milagrosa), cuja festa é comemorada em 27 de novembro.
E quatro anos depois que a Igreja oficialmente reconheceu e declarou solenemente como dogma em 1854: “Maria isenta do pecado original”. A própria Virgem na sua aparição em Lourdes, confirmou a definição dogmática e fé do povo dizendo para Santa Bernadete e para todos nós: “Eu Sou a Imaculada Conceição”.
Virgem Imaculada…rogai por nós!"
Fonte: http://diocesedeuruacu.com.br/blogparoquiasantoantoniopaduacamposverdes/?p=374

Litteras et Fidem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Copyright 2014 Litteras et Fidem: Dezembro 2011 . Personalizado por Meri Pellens . Tecnologia do Blogger.
*Proibido cópia sem autorização da autora. Plágio é crime previsto por lei.*