terça-feira, 31 de agosto de 2010

Musica que me leva a infância

Sempre que as escuto lembro-me de minha mãe deitada no chão da sala ouvindo-as tão quieta que podia ver onde a imaginação dela iria. Nem a imagem e nem a música se deixaram esquecer pelo meu inconsciente. E uma vez que as ouvi novamente na casa da minha querida amiga Consuelo, foi como se num golpe de ar eu tivesse sido levada aqueles dias e aquelas tardes de Domingo.

Mãe, não tem um dia nessa vida em que não pense em vc e não me lembre de vc. Não tem um dia nessa vida que eu não queira ser para meus querubins a mãe que vc foi.





segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Blog do Clube de leitura


Olá amados, bom dia!
Estou felizinha e orgulhosa, porque o projeto do Clube de Leitura vai caminhando muito bem!!
Já estamos no terceiro livro, e demos a luz ao nosso Bolg do Clube de Leitura!
Por lá vcs poderão acompanhar como estão os encontros e quais os livros que estamos lendo, assim como as resenhas dos livros e fotos.

Vale a pena só esclarecer, que o clube de leitura não é virtual, ou seja via blog. O clube é ao vivo de 15 em 15 dias na casa de uma das participantes. Mas como boas blogueiras que somos, afinal foram os blogs que nos uniram, não poderia faltar um blog!!

Se vc quiser conhecer o blog do clube de leitura, que se chama: Clube de Leitura Café com Livros Clique aqui


sábado, 28 de agosto de 2010

BLOGAGEM COLETIVA - RAIVA

* Esta Blogagem faz parte do Blogagem Coletiva de Café com bolo





Ai que raiva!!!!! Propício né, mas eu acabei esquecendo da blogagem ontem!!! Na verdade eu nem liguei o computador.
Bom, mesmo atrasada, aí vai.

Raiva, é um mistério, porque pode sem bom e ruim.
Bom porque na hora da raiva a gente coloca TUDO pra fora! O que quer e o que não quer. Como se fizesse uma catarse.
Ruim porque a gente pode se arrepender das coisas que faz na hora da raiva. Essa menina raiva, na maioria das vezes não deixa a gente pensar direito e aí....BUM!! Já era! Está feito! E depois para concertar??!!
Bom pra concertar é preciso muita coragem, muita cabeça fria, muita reflexão, para limpar o leite que já está derramado. Umas vezes dá certo outras não. Mas dependendo do que for vale tentar.
Costumo dizer que raiva dá câncer, porque já li  ou ouvi em algum lugar que muitos tumores são raiva contida, falta de perdão etc.  E não duvido que dá gastrite e enxaqueca, então para quem será que a raiva faz mais mal??!!!
Passei por uma experiência que me deu muita raiva e eu tive que ter muita cabeça no lugar.
Há uns dias atrás chamei um tecnico da tv a cabo que tenho em casa para fazer um reparo. Já estava p...da vida porque tinha ficado o dia todo presa em casa esperando aquele sujeito chegar. Nesse intervalo meu caçula estava sentado na mesa da sala jogando um joguinho eletrônico chamado Nintendo DS do irmão dele, (que não é nada barato). Bom, ele parou de jogar e deixou o  game ali mesmo em cima da mesa e foi fazer outra coisa.
Então advinhe vcs! O cara da Tv a cabo veio e no intervalo de 5 ou 10 minutos em que ele entrou na minha casa e desceu para pegar num sei o que com o porteiro, ele afanou o Nintendo DS do meu filho que estava em cima da mesa.
Eu dei falta do negócio, qd ele subiu eu estava dando a maior bronca nos meninos para eles acharem o DS, mas na hora eu não maldei a situação. Achei o cara meio nervosos e agitado, mas não maldei nada!! Que raiva!!!
Como eu sei que foi ele. Porque naquele dia todo ele foi a única pessoa que entrou nessa casa! E já fazem umas duas semanas e o DS não apareceu. Reviramos a casa de pernas pro ar e nada!!
O que me deu raiva é um sujeito que tem emprego, novo, ter pego o brinquedo de uma criança!!
Não fiz nada pq não tenho como provar que foi ele e seria a palavra dele contra a minha e por irônia o cara ainda poderia me processar por calúnia, difamação etc.
Provavelmente, ele já vendeu aquilo a preço de banana enquanto eu ainda tenho mais 3 prestações para pagar do nintendo roubado, fiquei a noite sem dormir sem acreditar no ocorrido, tive que consolar o meu filho que chorava inconsolado e que prigava com o irmãozinho, e ainda entrei em mais 5 prestações em um DS novo para meu filho. Também tive que fazer os dois entenderem que esles estavam errados por deixarem o brinquedo "jogado" em qualquer lugar, mas que nem tanto assim pq o jogo estava em cima da mesa da casa dele e que o cara da tv a cabo é que errou.
E o coitadinho ainda falava: Mãe, não esteve ninguém aqui, só o cara da tv a cabo. E ele repetia isso toda hora, então eu só virei e falei: Então quem vc acha que pegou seu DS??
Não sei se devia ter falado a verdade a ele ou não, mas falei pq estavamos todos com muita raiva de tudo o que aconteceu!
A vontade que eu tenho é de ligar pra tv a cabo e solicitar que o tecnico safado que esteve aqui compareça a portaria do meu prédio para pegar um presente: O carregador do DS que ainda está aqui!

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

A vida imitando o filme



Hoje tivemos mais um dia de clube de leitura, no qual discutimos  o livro " A chave da casa". E foi uma tarde deliciosa demais. Foi o dia em que falamos mais sobre o livro, mais do que de outro que lemos antes. Mas também foi um dia em que pude ver mais ou menos o o percurso do filme "clube de leitura de Jane Austem" aparecer, porque fui vendo como começamos a nos envolver com as palavras do livro, e como quietamente começamos a estreitar os laços entre nós três.
Isso mesmo somos as três mosqueteiras dos livros, com excessão de mais uma leitora que estava dodói e não pode ir.
Tive a dádiva de ouvir textos maravilhosos, apaixonantes, como cartas que não duvido nem um minuto que irão inebriar as tardes de milhares de mulheres nessa vida. Como inebriou a minha.
Fiquei feliz e emocionada, pelo Clube de leitura estar andando mesmo que com poucas, pq é claro que se fossemos 10 a discussão iria muito mais longe, mas como dizem por aí: De grão em grão a galinha enche o papo. Fiquei feliz e emocionada por poder vislumbrar o que essa junção dessas mulheres guerreiras na vida e na leitura poderá nos levar a todas, mas especialmente a mim, a caçula.
Confesso que não achava que eu iria muito longe nessa jornada porque as outras são da mesma faixa de idade que eu, e talvez não daria certo, não falariamos a mesma língua, afinal são gerações diferentes. No entanto, o que eu pude perceber é que para nós 3 a clube tem feito o mesmo efeito, um efeito tão bom que mal nos aguentamos por esperar o próximo encontro.
Hoje o Clube de leitura faz parte da minha vida, sinto falta, conto os dias, porque me deu uma tarde "mulherzinha", e o que estou vendo é que virarei um "mulherão".
No filme Clube de leitura de Jane Austen, os leitores acabaram estreitando os laços amarrados por um belo "fio de ariadne" que são os livros. No nosso clube de leitura, vejo as pontas dos fios de cada uma se esticando e quem sabe no futuro levar-nos sei lá para onde. Só sei que para onde formos é muito possível que nenhuma de nós nos arrependamos.

By the way

O próximo livro:
 

Em breve o BLOG do Clube de Leitura!!

sábado, 21 de agosto de 2010

Dor


Afff!!!
Enxaqueca, lombar joelho, quadril......Junta! Junta tudo e joga fora....

vou dormir.......

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Obrigado


Obrigado a todos pelas palavras, por causa do meu desabafo... Estava triste, mas é bom...pq estar triste tb faz parte de Ser Humano.
bjo a todos e
OBRIGADDDDDDDDUUUUUUUUUUUU!!!! E um delicioso...........


Blogagem Coletiva - AUTO-ESTIMA/ AMOR PRÓPRIO

* Esta Blogagem faz parte do Blogagem Coletiva de Café com Bolo


Vou começar com uma coisa mais técnica e depois vou as minhas divagações.

Em psicologia, autoestima inclui a avaliação subjetiva que uma pessoa faz de si mesma como sendo intrinsecamente positiva ou negativa em algum grau (Sedikides & Gregg, 2003).

A autoestima envolve tanto crenças autossignificantes (por exemplo, "Eu sou competente/incompetente", "Eu sou benquisto/malquisto") e emoções autossignificantes associadas (por exemplo, triunfo/desespero, orgulho/vergonha). Também encontra expressão no comportamento (por exemplo, assertividade/temeridade, confiança/cautela). Em acréscimo, a autoestima pode ser construída como uma característica permanente de personalidade (traço de autoestima) ou como uma condição psicológica temporária (estado de autoestima). Finalmente, a autoestima pode ser específica de uma dimensão particular (por exemplo, "Acredito que sou um bom escritor e estou muito orgulhoso disso") ou de extensão global (por exemplo, "Acredito que sou uma boa pessoa, e sinto-me orgulhoso quanto a mim no geral").

O nível e a qualidade da autoestima, embora correlacionados, não são sinônimos. A autoestima pode ser elevada, mas frágil (por exemplo, narcisismo) e baixa, porém segura (por exemplo, humildade). Todavia, a qualidade da autoestima pode ser indiretamente avaliada de várias formas: (I) em termos de sua constância através do tempo (estabilidade), (II) em termos de sua independência ao se apresentarem condições particulares (não-contingência), e (III) em termos de quão entranhada ela esteja num nível psicológico básico (inquestionabilidade ou automaticidade)..
FONTE: Wikipedia

Hoje acho muito excessivo aparecerem pessoas com problemas de auto-estima e amor próprio. Os apelos aos quais somos bombardeados dia e noite, noite e dia deixa qualquer um maluco.
Voce precisa ser, ter, comprar, se endividar se auto-mutilar para ser aquilo que dizem que é o certo e vc desde pequeno houve aquilo e assume como tal e aí pronto! Se vc não consegue atender aos apelos alheios, vai substituindo com superficialidades uma essência que vc nem sabe que tem, um eu mais próprio que muito nem cogitam ser.
Estes dia estava vendo Gugu, e ele estava apresentando pessoas que ficaram mutiladas por fazerem cirurgias plásticas com qualquer um ou excessivamente e além de ficarem MEDONHAS, quase morreram, foram cenas verdadeiramente chocantes! Então ele entrevistou uma filha amada de Deus que colocou toda a sua vida nos seus seios. Aumentava e aumentava os mls das próteses com o objetivo de ser o maior peito brasileiro no Guiness. Ela tinha muito peito 3.500ml em cada peito. São 7kg de airbag. Óbvio que teve complicação está quase perdendo TUDO, os médicos fazem a última tentativa de conter a infecção, para poder pelo menos diminuir as próteses.
Me pareceu tudo tão exterior, tive compaixão dela. Porque ela era e é os seios, sem os seios não era feliz. E agora corre o risco de ter menos peito que o Gugu como ela mesmo disse. Ela teve "peito" para se sujeitar aos apelos do modelo dito bonito de ser e de ter, mas não teve "peito" para olhar para si mesmo e ver que estava ultrapassando os limites do corpo e do bom senso. Parecia que ela havia aprendido a lição, mas é uma verdadeira pena ver uma mulher linda ter que aprender desta forma. A culpa é dela? Penso que sim e que não.
O tempo todo nos recebemos mensagens subliminares ser o que ser e o que ter. Mas nem todo mundo aguenta o tranco para não se sujeitar a isso. Faz a vida ser imensamente infeliz e difícil e ficamos numa posição de não poder julgar, mas de acolher aquele ser desfigurado internamente e as vezes, externamente para ajudar a se redescobrir como Ser e não como Objeto.
Este é o meu papel como psicóloga, como cristã e como humana e acho que é o de todos nós.
Penso nas crianças e seus pais frustrados que acabam dizendo o dito e o não dito de forma que aquela criança armazene muitas vezes informações que não são verdadeiras como: vc é feio, vc não serve para nada, vc nao sabe nada, vc é tão burrinho, vc não pode, vc isso e vc aquilo, e acabam deixando uma marca indelével que só com muita luta e batalha se pode reformular.
Me leva a pensar, O que estamos fazendo de nossos filhos, sobrinhos, netos? O que o homem é capaz de fazer com o outro semelhante? Quem é o homem e quem é o animal??
Afe!!! Já viajei demais.....a Glorinha está nos levando por terras inimagináveis e eu estou adorando!!!
bye

domingo, 15 de agosto de 2010

Salve Regina , mater misericórdiae!


"Apareceu em seguida um grande sinal no céu: uma mulher revestida do sol, a lua debaixo dos seus pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas ". (Ap 12,1)

Hino
(Ofício das Leituras - Liturgia das Horas)

Com uma graça toda sua,
mais brilhante do que a aurora,
do que o sol e do que a lua,
sobe ao céu Nossa Senhora.

Do seu trono ofusca o brilho,
ao vir pelo céu afora,
exaltada pelo Filho,
que é grande antes da aurora.

Mais que os santos todos brilha,
mais que os anjos irradia:
se do Pai foi sempre Filha,
Mãe de Deus tornou-se um dia.

Ela em si O trouxera outrora,
como sol em treva imerso,
em Deus Pai contempla-O agora,
a reinar sobre o universo.

Mãe de Deus ao céu erguida,
seja esta a prece tua:
deste a Deus a nossa vida,
nos concede agora a sua.

Louvor seja ao Pai e ao Filho
e ao Espírito vitória,
pois te alçaram deste exílio
ao pináculo da glória.

Salve Regina

Salve, Regina, Mater misericordiae, vita, dulcédo et spes nostra, salve.Ad te clamamus, éxsules fiIii Evae.Ad te suspirámus geméntes et flentes in hac lacrimárum valle. Eia ergo, advocáta nostra, illos tuos misericórdes óculos ad nos convérte.Et Jesum benedíctum fructum Ventris tui, nobis, post hoc exsílium, osténde.O clemens, o pia, o dulcis Virgo María!

V/. Ora pro nobis, sancta Dei Génitrix.
R/. Ut digni efficiámur promissiónibus Christi.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Blogagem Coletiva - INVEJA

* Esta Blogagem faz parte do Blogagem Coletiva de Café com bolo

Não sabia o que escrever sobre Inveja, na verdade não queria escrever sobre inveja. Sei lá! Parece que a gente não pensa muito nos sentimentos ruins, só nos bons, não é mesmo?!
Então fui lá no Catecismo da Igreja Católica pra ver o que se fala em termos de Doutrina católica.

§2539 A inveja é um vício capital. Designa a tristeza sentida diante do bem do outro e do desejo imoderado de sua apropriação, mesmo indevida.
Quando deseja um grave mal ao próximo, é um pecado mortal:
Sto. Agostinho via na inveja "o pecado diabólico por excelência". "Da inveja nascem o ódio, a maledicência, a calúnia, a alegria causada pela desgraça do próximo
e o desprazer causado por sua prosperidade."

É isso! Querer o que não te pertence, só porque o outro tem e vc não. Aí eu me pergunto: Se o outro comer bosta eu vou querer também? Me parece falta de autênticidade, de identidade. Mas a bendita da inveja existe, a energia que o sentimento propaga está aí pelo mundo, para subtrair das pessoas que as vezes só querem o bem da forma mais sincera e honesta possível. Mas deve ser justamente desses que os outros sentem inveja.!

Lembro-me de quando eu fiz o Open House do apartamento que eu moro e caiu nos meus ouvidos a seguinte frase: Gente, mas que saco! Como é que ela consegue e eu não!
Fiquei tão mal, nunca mais convidei essa pessoa para vir na minha casa!
Mas ao mesmo tempo não sou imune a inveja, porque muitas vezes já me peguei suspirando por algo que talves não deva pertencer a essa minha existência. E quando me percebo sentindo inveja, olho para o meu lado e vejo a minha vida e o que eu sou. Me arrependo, me confesso e vou aprendendo a lutar pelos meus sonhos e não ficar sonhando o sonho dos outros, mas fico agradecendo a Deus o que já foi possível até aqui.



Imagem tirada daqui

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Clube do Livro

foto retirada daqui

Gente acabei de descobrir!!!
Todo último sábado do mês tem o "Clube do Livro Saraiva", no RJ. Os encontros acontecem as 15 horas na Saraiva do Rio Sul. Muito legal!!
Procure na sua cidade porque ele tb acontece em outras cidades!!

Clube de Leitura - Segundo encontro

Hoje tivemos o segundo encontro do nosso Clube de Leitura, que parece que vai ficar com o nome:
Clube de leitura "Chá com livro".
Discutimos o livro: O clube do filme. Apesar de acharmos um pouco "nada demais", conseguimos extrair alguma coisa do livro. Falamos um pouco sobre o fato do narrador do livro falar tão detalhadamente sobre cada filme, que para umas foi não tão necessário e para outras uma narrativa de filmes necessária.
Isso que é o barato da coisa!! Quatro pessoas leram o mesmo livro (quatro porque temos mais uma leitora!) e cada uma teve um olhar diferente sobre o mesmo livro!! Que legal!! Que riqueza!!
Parece-me que uma coisa foi unânime: Todas concordamos com a experiência sendo bem mais forte para o pai do que para o jovem, mas que no fim os dois ganharam muito e amadureceram cada um na sua forma.
Depois das nossas divagações como não podia faltar, passamos para o lanchinho básico com bolo, pão de queijo, chá e café (que não podia faltar né!)
Foi uma tarde deliciosa!!


O próximo livro será: A chave da casa



Sinopse*: Passando por temas como a morte da mãe, a relação com um homem violento, viagem, raízes, herança e etc, A Chave de Casa é um livro pulsante, cheio de vida e emoção. A autora tece um romance de vozes diversas - como são as vozes da memória -, histórias que se complementam num tom de densa estranheza. Romance de estréia da jovem escritora Tatiana Salem Levy. Lançado em Portugal no primeiro semestre de 2007, o livro foi um grande sucesso de crítica.


* Sinopse retirada do Submarino

Como no outro livro coloquei o preço, vou colocar desse tb

Saraiva: R$ 32,90
Travessa: R$ 27,64
Submarino: R$ 26,90
Nosso próximo encontro será daqui a 15 dias!  Mãos a obra!!

sábado, 7 de agosto de 2010

Mais São Josémaria Escrivá

Seguir Cristo não significa refugiar-se no templo, encolhendo os ombros perante o desenvolvimento da sociedade, perante os acertos ou as aberrações dos homens e dos povos. A fé cristã leva-nos, pelo contrário, a ver o mundo como criação do Senhor, a apreciar, portanto, tudo o que é nobre e belo, a reconhecer a dignidade de cada pessoa, feita à imagem de Deus, e a admirar esse dom especialíssimo da liberdade, que nos faz senhores dos nossos próprios actos e capazes, com a graça do Céu, de construir o nosso destino eterno.

Seria minimizar a Fé reduzi-la a uma ideologia terrena, arvorando um estandarte político-religioso para condenar, não se sabe em nome de que investidura divina, aqueles que não pensam do mesmo modo em problemas que são, pela sua própria natureza, susceptíveis de receber numerosas e diversas soluções.

Livro que estou lendo: Escrivá de Balaguer, Josémaria, São. É Cristo que passa. 3°Ed. São Paulo: Quadrante, 2009.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Blogagem Coletiva - DESEJOS


* Esta Blogagem faz parte do Blogagem Coletiva de Café com bolo




Desejo nada e desejo um monte de coisas.
Desejo ver meus filhos GRANDES HOMENS.
Desejo criá-los e na velhice ter aquele gostinho de dever cumprido.
Desejo trabalhar muito, ler muito, emagrecer.
Desejo rezar mais, ser menos preguiçosa, ser mais paciente.
Desejo não desejar tantas coisas.
Desejo que os momentos bons se eternizem.
Desejo que o tempo pare.
Desejo voltar no tempo e concertar algumas coisas.
Desejo morrer e ir para o céu.
Desejo me sentir amada sempre.
Desejo me casar com Matt Dammon,
Ou com Christopher Meloni ou com Mark Walhberg... (brincadeirinha!!)
Desejo poder ver o sorriso maroto dos meus filhos todos os dias.
Desejo que minha empregada nunca falte o trabalho.
Desejo ter mais amigos.
Desejo nunca deixar de sonhar.
Desejo conseguir não dormir para ler mais e estudar mais.
Desejo ganhar na mega sena sem jogar.
Desejo conhecer a França, a Itália e a Inglaterra.
Desejo que a vida seja um filme com trilha sonora e tudo.
Desejo que todos que eu amo sejam felizes.
Desejo ter ao menos um filho Padre.
Desejo a Santidade para Deus.
Desejo ser Humana.
Desejo TUDO que é possível e o que é impossível!
Mas, se for muito...Desejo só poder acordar todos os dias
E viver sempre um dia de cada vez!

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Minha frase para o dia




“– Que eu me conheça: que me conheça e que Te conheça. Assim, jamais perderei de vista o meu nada”. (Josemaría Escrivá, Sulco, n. 273 apud. http://www.hablarcondios.org/pt/meditacaodiaria2.asp)



Litteras et Fidem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Copyright 2014 Litteras et Fidem: Agosto 2010 . Personalizado por Meri Pellens . Tecnologia do Blogger.
*Proibido cópia sem autorização da autora. Plágio é crime previsto por lei.*