sábado, 31 de dezembro de 2011

No último dia do ano, termino o último livro do ano

No último dia do ano, termino de ler meu último livro, talvez o que mais demorei para ler, porque não foi um livro de se ler rápido. Foi um livro de ensinamento e que exigiu muita reflexão de minha parte, e acho que da parte de todos que o leram. Ler vida de Santo para mim é um deleite, em especial essa Santa, pois tudo o que vem dela para mim é maravilhoso, me dá esperança e me dá consciência do meu papel como cristã nesse mundo permissivo e moderno.

Vi que Santa Teresa D´Ávila é tão humana quanto eu e ao mesmo tempo me levava as lembranças de Santa Edith Stein, já que este foi o livro de sua conversão. Imaginava-a lendo em uma noite um livro que levei meses para terminar!
Essa é a graça da leitura, te levar a imaginar, a sair do seu mundo as vezes difícil de aturar e parar em outras vidas e estórias/histórias. Este ano perdi o sono com a Lisbeth Salander ( Trilogia Millenium), chorei e ri com os personagens do Nicholas Sparks, Dostoíevski e Ben Shewood, cresci espiritualmente com tantos Santos como São Pedro de Alcântara e Sta. Teresa, quebrei preconceitos surfando no Hawaí (A Onda) e lendo pessoas maravilhosos e brasileiras  como Glória Leão do blog  http://cafecomglorinha.blogspot.com/  e com a Flávia Mariano do blog http://depoisdos25masantesdos40.blogspot.com/. Além de aprofundar em várias áreas da minha vida, fiz mais que isso... Me diverti com meus maiores amigos: Meus livros!

Para o próximo ano tenho a proposta de não comprar mais livros e ler o que tenho em casa, sem fazer lista para que minhas escolhas de leitura sejam mais livres e de acordo com meu humores. A única coisa que quer manter é o desejo de voar e me divertir muito a cada página e livro que eu passar!


Então fica a lista do que li este ano de 2011:



33- O Livro da Vida - Santa Teresa

32- Noah foge de casa - John Boyne

31- Questões do Coração - Emily Giffin

30- Gente Pobre - F. Dostoiévski

29- Método Fenomenológico de Investigação em Psicologia - Amedeo Giorgi e Daniel Sousa

28- Tratado da Oração e da Meditação - São Pedro de Alcântara

27-Psicologia Fenomenológica - Yolanda Cintrão Forghieri

26- Surdo Mundo - David Lodge

25- Morte em Veneza - Thomas Mann

24- Temperamento Forte e Bipolaridade - Diogo Lara

23- O Morro dos Ventos Uivantes - Emily Brontë

22- O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry

21- O diário de Anne Frank (Edição definitiva)

20- A Rainha do castelo de ar - Millenium 3 - Stieg Larsson

19- Diário de uma paixão - Nicholas Sparks

18- Um amor para recordar - Nicholas Sparks

17- Na esquina do tempo nº50 - Glória Leão

16- Morte e Vida de Charlie St. Cloud - Ben Sherwood

15- As neves do Kilimanjaro e Outros Contos - E. Hemingway

14- O Velho e o Mar - Ernest Hemingway

13- Razão e Sensibilidade - Jane Asten

12- Fédon - Platão

11- Caminho de Perfeição - Santa Teresa de Jesus

10- A vida intelectual - A.D. Sertillanger

9- Apologia de Sócrates - Platão

8- A Onda - Susan Casey

7- O eterno marido - F. Dostoiévsky

6- A menina que brincava com fogo - Millenium 2 - Stieg Larsson

5- O homem que não amava as mulheres - Millenium 1 - Stieg Larsson

4- Minha mãe me ensinou a sonhar - Flávia Mariano

3- As horas de Katharina - Bruno Tolentino

2- Equilíbrio - Flávia Mariano

1- Cada dia mais perto - Irvin D. Yalon

Para todos da blogosfera um feliz 2012 e muitas leituras para todos!!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Me rendi ao Kindle


Me rendi ao Kindle!
Durante todo esse tempo vinha lutando contra essa onda de e-readers, mas não resisti!
Além de bonitinho é muito pequeno e mais fino que um tablet ou ipad, não pesa na bolsa e eu posso carregar 3.500 livros sem ficar com problemas na coluna! Eu carregava 2 ou 3, agora não preciso carregar tanto peso assim...

No início a gente estranha um pouco, mas logo se acostuma. Não é touch, então não dá para virar a página (é engraçado ver meus filhos passando o dedinho para tocar e eu tenho que dizer "não filho, não é touch"!). Não tem o cheirinho de livro, mas se a abstinência for muita, dou uma cheradinha nos livros em casa ou numa livraria...rsrsrs.

O kindle é bem legal, porque tem wi-fi e vc baixa textos e livros em PDF, isso facilita muito achar livros grátis na internet, mas mesmo se resolver comprar algum livro, na Amazon.com, são bem baratos os livros em inglês e tem livros em português, inclusive alguns grátis. Mesmo se não tiver wi-fi, ele é plug and play, ou seja, conectou no computador está instalado e transferir os textos é fácil, fácil. É só arrastar!

Ao contrário do que se pensa, o Kindle não cansa os olhos porque a tela e a definição dele se aproximam muito de um livro, o que se torna uma desvantagem ler no escuro, porque sem luz vc não enxerga nada.
Ainda sim acredito que foi uma ótima opção para mim que não tenho parado muito em casa. E não sei ficar sem ler um minuto que tenho folga.

Claro que eu ainda não consigo levar só o kindle e ainda carrego ao menos um livro na bolsa, mas fazer o que? Ainda tenho muitos livros de papel na estante para ler e alguns chegando via correio.

Para que está resistente aos e-readers, eu digo: não fique! É um bom investimento literário e custa barato, alguns custam menos de 100 dolares! O meu comprei direto no site da Amazon e chegou em 3 dias, embalagem bem lacrada e com nota fiscal. Você só precisa habilitar seu cartão de crédito para compras internacionais, e comprar aquele adaptador de tomada com USB, igual as tomadas da apple. Depois é só diversão!

Alguns sites legais onde vc pode aprender mais sobre o kindle e baixar livros for free:

  • http://www.amazon.com/
  • http://kindle.blog.br/
  • www.manybooks.net
  • kindleportugal.blogspot.com

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Hoje é dia de Nossa Senhora da Conceição



"Neste dia comemoramos solenemente o dogma da Imaculada Conceição de Nossa Senhora, a Rainha de todos os Santos.
Esta verdade reconhecida pela Igreja de Cristo, é muito antiga. Muitos Padres e Doutores da Igreja oriental ao exaltar a grandeza de Maria, Mãe de Deus, tinham usado de expressões como: cheia de graças, lírio da inocência, mais pura que os anjos.
A Igreja ocidental que sempre muito amou a Santíssima Virgem, tinha uma certa dificuldade para a aceitação do mistério da Imaculada Conceição. Foi o franciscano Duns Scoto no séc. XIII, quem solucionou a dificuldade ao mostrar que era sumamente conveniente que Deus preservasse Maria do pecado original, pois era Maria destinada a ser mãe do seu Filho.
Isso era possível para a Onipotência de Deus, portanto, Deus, de fato, a preservou, antecipando-lhe os frutos da redenção de Cristo. Graças a Deus, rapidamente a doutrina da Imaculada Conceição de Maria no seio de sua mãe Sant’Ana foi introduzido no calendário romano.
A própria Virgem Maria apareceu em 1830 a Santa Catarina de Labouré, pedindo que se cunhasse uma medalha com a oração: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós”. Nesta aparição ficou conhecida como Nossa Senhora das Graças (Medalha Milagrosa), cuja festa é comemorada em 27 de novembro.
E quatro anos depois que a Igreja oficialmente reconheceu e declarou solenemente como dogma em 1854: “Maria isenta do pecado original”. A própria Virgem na sua aparição em Lourdes, confirmou a definição dogmática e fé do povo dizendo para Santa Bernadete e para todos nós: “Eu Sou a Imaculada Conceição”.
Virgem Imaculada…rogai por nós!"
Fonte: http://diocesedeuruacu.com.br/blogparoquiasantoantoniopaduacamposverdes/?p=374

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Missa é outra coisa

Fantástico esse post!!

TOTALMENTE RETIRADO DE: http://www.salvemaliturgia.com/2011/11/missa-e-outra-coisa.html





Há alguns dias, no Twitter, usuários católicos, revoltos em sua maioria, com o que vêem em suas comunidades paroquiais, ao chegarem em casa, começaram a tuitar o que a Missa não é e dizendo o que são as discrepâncias vistas. De fato, o que se percebe é um desejo profundo do que a Missa é e deve ser: o memorial da Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, por amor.

Vale ressaltar que esta postagem é a título de descontração, entretanto, “toda brincadeira tem um fundo de verdade”. Então, fica o convite para os leitores acrescentarem mais a esta lista, em que foram selecionados os mais interessantes tuites. 

******* 

#Missa não é lugar pra exibir cartazes de crianças e adolescentes. O nome disso é Feira de Ciências. #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar para repouso... o nome disso é cama. #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar para baixar espírito. O nome disso é terreiro de candomblé! #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar para choradeiras e devaneios sentimentalóides. O nome disso é consultório de psicanalista. #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar para se cantar o que quer. O nome disso é Palco. #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar para apresentações artísticas. O nome disso é Teatro. #Missa é outra coisa... 

#Missa não é onde se vai pra ver animação. O nome disso é Cartoon Network#Missa é outra coisa... 

#Missa não é aquilo que se vai pra receber cura. O nome disso é hospital. #Missa é outra coisa... 

#Missa também não é festa, nome disso é Buffet#Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar para encostar no irmão que está do seu lado. O nome disso é metrô no rush#Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar para se bater palmas ritmadas e fazer coreografias. O nome disso é Broadway. #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar pra ir de mini saia. O nome desse lugar é boite#Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar pra pedir ao irmão: "Cêis ora"? O nome disso é relógio #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar pra desfiles de carros alegóricos. Nome disso é sambódromo. #Missae outra coisa... 

#Missa não é lugar para defender a Amazônia. O nome disso é Greenpeace#Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar de bater palma e sacudir os braços. O nome disso é apresentação musical. #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar pra usar havaianas, nome disso praia. #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar para jogar conversa fora. Esse lugar é o bar. #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar de ficar reparando no que os outros estão vestindo. O nome disso é janela. #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar de falar em várias línguas. O nome disso é curso de idiomas. #Missaé outra coisa... 

#Missa não é lugar de deixar criança correr por todo lado. O nome disso é parque.#Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar para cantar: "como Zaqueu..." O nome disso é culto protestante!#Missa é infinitamente outra coisa... 

#Missa não é lugar de se cantar parabéns. O nome disso é festa de aniversário. #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar para agradar as pessoas. O nome disso é circo. #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar pra usar atabaques, nome disso é roda de Capoeira. #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar de cada um pegar a sua comunhão, o nome disso é self-service.#Missa é outra coisa... 

#Missa não é encontro social, o nome disso é happy hour#Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar pra vender rifa, o nome disso é quermesse. #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar de leigo fazer homilia. O nome disso é desobediência #Missa é outra coisa.... 

#Missa não é lugar de passar filme. O nome disso é cinema. #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar para bateria, guitarra e baixo. O nome disso é show#Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar de curtição. O nome disso é Facebook. #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar para sorteio de prendas. O nome disso é bingo. #Missa é outra coisa... 

#Missa não é lugar de queimar papéis. O nome disso é Conclave. #Missa é outra coisa...

#Missa não é lugar para defender teses pessoais. O nome disso é TCC. #Missa é outra coisa...

#Missa não é lugar para treinar a leitura de crianças. O nome disso é escola. #Missa é outra coisa...

#Missa não é lugar se você quer sorrir, dançar e brincar. O nome disso é Patati & Patatá.#Missa é outra coisa...


segunda-feira, 21 de novembro de 2011

O prazer de ler

A leitora, de Pierre-August Renoir

Em meio a tantas leituras simultâneas, esqueço-me do prazer que tenho ao ler meus autores favoritos, neste momento falo especificamente de Fiodor Dostoiévski. Com tantos livros para ler e outras coisas para fazer e me questionando porque passo tanto tempo debruçada em meus livros(muitas vezes me questionando se não estou perdendo tempo), que me deparo com a sutileza e beleza deste autor, como no trecho que vou citar, e entendo que não há porque me culpar, por ter tamanho prazer em passar o tempo lendo, especialmente este escritor incrível.

Numa frase simples e bela reforço a lembrança de COMO É BOM LER!


"... E quando o coração fica oprimido, dolorido, atormentado e triste, então a recordação o refresca e vivifica, como as gotas de orvalho numa tarde úmida que, depois de um dia quente, refrescam e revivificam a pobre florzinha murcha, crestada pelo calor do dia." ( Gente Pobre - F. Dostoiévski, p. 53 ed.34)


O que já li de Dostoíévski: Crime e Castigo, O eterno marido, O adolescente, O jogador, Noites brancas.
O que estou lendo: Gente Pobre.
O que está na fila: O idiota, Irmãos Karamazov, A senhoria, Memórias da casa dos mortos, Notas do subsolo, Os demônios.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Resumo

Resumo

 o terapeuta  procura,
num discurso que, de início,
não é o do seu cliente,
uma verdade
que nem ele nem o cliente
sabe qual é.

Depois da descoberta, 
após longo trabalho,
depois de o cliente se apossar da sua voz,
nem o terapeuta
nem o cliente
saberão se essa era a verdade
que estavam procurando.

E os dois acreditam, agora,
que essa (nova?) verdade
faz parte de um projeto de vida
que sempre esteve aí,
a cada passo da terapia.

Mas eles nunca viram,
E se o cliente pensou que viu,
o terapeuta denunciou
que era uma ilusão.

Este é o trabalho.

(Fonte: Cancello, Luiz A. G. O fio das palavras: um estudo de psicoterapia existencial. São Paulo: Summus, 1991)

sábado, 17 de setembro de 2011

A Top 100 Book List para 2012




O Blog World Book Night - A million reasons to read a book, "pediu a seus leitores para nomear os 10 livros que eles mais gostam de ler, dar e compartilhar". Dessas dicas surgiu uma lista de 100 livros. Já imaginou que bom projeto seria ler esta lista toda?!
A lista é essa (está em inglês):


The 2012 Long List - ordered by number of votes:
1    To Kill a Mockingbird    Harper Lee    
2    Pride and Prejudice    Jane Austen   
3    The Book Thief    Markus Zusak   
4    Jane Eyre    Charlotte Bronte   
5    The Time Traveler's Wife    Audrey Niffenegger   
6    The Lord of the Rings    J. R. R. Tolkien   
7    The Hitchhiker's Guide to the Galaxy    Douglas Adams   
8    Wuthering Heights    Emily Bronte    
9    Rebecca    Daphne Du Maurier   
10    The Kite Runner    Khaled Hosseini   
11    American Gods    Neil Gaiman   
12    A Thousand Splendid Suns    Khaled Hosseini   
13    Harry Potter Adult Hardback Boxed Set    J. K. Rowling  
14    The Shadow of the Wind    Carlos Ruiz Zafon   
15    The Hobbit    J. R. R. Tolkien   
16    One Day    David Nicholls    
17    Birdsong    Sebastian Faulks    
18    The Help    Kathryn Stockett    
19    Nineteen Eighty-Four    George Orwell   
20    Good Omens    Terry Pratchett and Neil Gaiman    
21    The Notebook    Nicholas Sparks   
22    The Girl with the Dragon Tattoo    Stieg Larsson  
23    The Handmaid's Tale    Margaret Atwood   
24    The Great Gatsby    F. Scott Fitzgerald    
25    Little Women    Louisa M. Alcott    
26    Memoirs of a Geisha    Arthur Golden    
27    The Lovely Bones    Alice Sebold    
28    Atonement    Ian McEwan    
29    Room    Emma Donoghue   
30    Catch-22    Joseph Heller  
31    We Need to Talk About Kevin    Lionel Shriver   
32    His Dark Materials    Philip Pullman   
33    Captain Corelli's Mandolin    Louis De Bernieres  
34    The Island    Victoria Hislop   
35    Neverwhere    Neil Gaiman  
36    The Poisonwood Bible    Barbara Kingsolver    
37    The Catcher in the Rye    J. D. Salinger  
38    Chocolat    Joanne Harris   
39    Never Let Me Go    Kazuo Ishiguro   
40    The Five People You Meet in Heaven    Mitch Albom    
41    One Hundred Years of Solitude    Gabriel Garcia Marquez    
42    Animal Farm    George Orwell    
43    The Pillars of the Earth    Ken Follett   
44    The Eyre Affair    Jasper Fforde    
45    Tess of the D'Urbervilles    Thomas Hardy  
46    Charlie and the Chocolate Factory    Roald Dahl    
47    I Capture the Castle    Dodie Smith    
48    The Wasp Factory    Iain Banks    
49    Life of Pi    Yann Martel   
50    The Road    Cormac McCarthy    
51    Great Expectations    Charles Dickens    
52    Dracula    Bram Stoker    
53    The Secret History    Donna Tartt   
54    Small Island    Andrea Levy    
55    The Secret Garden    Frances Hodgson Burnett   
56    Lord of the Flies    William Golding   
57    Persuasion    Jane Austen   
58    A Prayer for Owen Meany    John Irving    
59    Notes from a Small Island    Bill Bryson   
60    Watership Down    Richard Adams    
61    Night Watch    Terry Pratchett   
62    Brave New World    Aldous Huxley    
63    The Curious Incident of the Dog in the Night-time    Mark Haddon    
64    Jonathan Strange and Mr Norrell    Susanna Clarke    
65    The Color Purple    Alice Walker    
66    My Sister's Keeper    Jodi Picoult    
67    The Stand    Stephen King   
68    Cloud Atlas    David Mitchell    
69    The Master and Margarita    Mikhail Bulgakov    
70    Anna Karenina    Leo Tolstoy   
71    Cold Comfort Farm    Stella Gibbons   
72    Frankenstein    Mary Wollstonecraft Shelley    
73    The Guernsey Literary and Potato Peel Pie Society    Mary Ann Shaffer    
74    The Picture of Dorian Gray    Oscar Wilde  
75    Gone with the Wind    Margaret Mitchell    
76    The Graveyard Book    Neil Gaiman    
77    The Woman in White    Wilkie Collins    
78    The Princess Bride    William Goldman   
79    A Suitable Boy    Vikram Seth 
80    Perfume    Patrick Suskind    
81    The Count of Monte Cristo    Alexandre Dumas    
82    The God of Small Things    Arundhati Roy   
83    Middlemarch    George Eliot    
84    Dune    Frank Herbert    
85    Wolf Hall    Hilary Mantel    
86    Stardust    Neil Gaiman    
87    Lolita    Vladimir Nabokov    
88    Midnight's Children    Salman Rushdie    
89    Harry Potter and the Philosopher's Stone    J. K. Rowling    
90    Shantaram    Gregory David Roberts   
91    The Remains of the Day    Kazuo Ishiguro    
92    Possession: A Romance    A. S. Byatt    
93    Tales of the City    Armistead Maupin    
94    Kafka on the Shore    Haruki Murakami    
95    The Magus    John Fowles    
96    The Boy in the Striped Pyjamas    John Boyne    
97    A Fine Balance    Rohinton Mistry   
98    Alias Grace    Margaret Atwood  
99    Norwegian Wood    Haruki Murakami    
100    The Wind-up Bird Chronicle    Haruki Murakami
Então...
Boa Leitura!!

"Os livros são os mais silenciosos e constantes amigos; os mais acessíveis e sábios conselheiros; e os mais pacientes professores." Charles W. Elliot

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Meme Literário - Fio de Ariadne

O Blog Fio de Ariadne está completando 6 anos este mês e está promovendo o Meme Literário: Como você Lê?
Então lá vai como eu leio!

- Como você lê? Eu gosto de ler sentada com o livro apoiado na mesa, porque senão fico com uma baita dor no pescoço! Também gosto de ler na minha varanda, que tem uma vista bem legal. 


- Prefere ler antes de dormir ou carrega um livro onde quer que vá? As duas coisas, eu leio o tempo todo! Como tenho horário flexível minha vida literária tem muita vez no meu tempo. Sempre que estou na rua carrego dois livros, porque nunca sei qual o momento vai me solicitar a leitura. Por exemplo, se estiver muito barulhento, não leio nada que exija a minha concentração, etc. É mais ou menos assim: Estou parada, leio; estou na fila, leio; estou esperando no médico ou no consultório, leio; estou esperando na porta da escola ou esperando os filhos em algo, leio; estou no pipi room, leio. Mas, também leio antes de dormir e pra variar sonho com a história/estória e personagens, é o maior barato!!


- Lê em ônibus lotado ou precisa de paz?  Só leio na Barca e no metrô, fora isso me dá enjôo.


- Usa marcador de página, marca com a orelha ou fecha sem marcar e depois esquece onde estava?  Nunca marco com a orelha, isso estraga o livro! Uso marcador, tenho um monte e de vários tamanhos.


- Lê no parque, no restaurante, no consultório do dentista? Em todos estes e em mais alguns. Ah já falei disso mais pra cima! Como sempre leio uns dois ou três livros. Pra dar conta tenho que ler sempre e sempre. Tá as vezes faço uma pausa para um filme ou série de TV. Sempre leio um livro que estou afim e um de tema religioso (Católico) e geralmente indicado por meu amigo Padre Demétrio ou de algum Santo. 


No momento estou lendo:
PS:. Todos três fantásticos! O Papa Bento XVI escreve maravilhosamente bem, parece que estamos numa sala de aula!
  • Orgulho e preconceito de Jane Austen
  • Jesus de Nazaré de Joseph Ratzinger/ Bento XVI
  • Morro dos ventos uivantes de Emily Bronte





quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Um caminho para a paz


Papa Bento XVI atendendo
confissão (Sacramento da Reconciliação)
na  JMJ 2011 em Madri


"...O afastamento ruinoso de Deus é o ponto de partida de todos os envenenamentos do homem; a sua superação é a condição fundamental para a paz no mundo. Só o homem reconciliado com Deus pode também se reconciliar consigo mesmo e estar de acordo, e somente o homem que estiver reconciliado com Deus e consigo mesmo pode construir a paz à sua volta e em toda a vastidão do mundo.(...) Que haja paz na terra (Lc.2,14) é a vontade de Deus e ao mesmo tempo uma tarefa entregue aos homens. O cristão sabe que a persistência na paz com Deus é uma parte indispensável da luta pela "paz sobre a terra"; a partir daí vem os critérios e as forças para esta luta. Que aí onde Deus deixa de estar presente no ângulo de visão do homem também a paz falhe e prevaleça a violência com imprevisível crueldade: podemos presenciar isso hoje com toda clareza." (Joseph Ratzinger/Bento XVI - Jesus de Nazaré,2007. p.88)

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Estante de Férias




Eu sei que as férias já foram, mas a Estante Virtual fez uma brincadeira bem legal onde  os leitores poderiam mandar sugestões de leitura para as férias (Nestas férias crie uma estante). Foram mais de 3.000 sugestões, e eu também mandei a minha.
A brincadeira acabou e ele postaram as sugestões no blog. Para ler as dicas clique aqui.

As minhas sugestões foram:


  • O tempo entre as costuras de María Dueñas
  • Olhos de Menina de Susan Fletcher
  • Um hotel na esquina do tempo de Jamie Ford
  • A Inocência do Padre Brown de G.K. Chesterton
  • O Discurso do Rei de Mark Logue & Peter Conradi


segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Eu na Bienal 2011



Ontem fui na XV Bienal do Livro no RJ. Foi a minha primeira vez na Bienal e eu AMEI!!! Fui com minha família, e foi tudo tão legal que nem parei para tirar fotos!
A Bienal estava separada por três pavilhões, o Laranja, que eram mais editoras infantis, então tinham milhares de livros infantis!! Meus pequenos ficaram doidos!! Queriam que eu comprasse tudo!! Cada livro infantil mais legal que o outro! As editoras e autores infantis estão muito criativas! Tinha de tudo! Era tudo encantador!
O segundo pavilhão é o azul, não era mais tão infantil e ficavam a Saraiva, que estava MEGA cheia, a Novo Conceito, que estava muito legal!! Adorei, tinha até uma TV interativa para o público votar a nova capa do livro do Nicholas Sparks, que será lançado depois da Bienal. Eu votei na terceira capa (quem votou vai saber qual foi a minha). Tinha a Livraria Travessa, que estava linda e aconchegante, com livros baratos e 90% em inglês. Tinha uma pilha GIGANTE de Pockets da Penguin Books, aqueles livrinhos lindos e lindos dessa editora incrível!! Além dessas haviam muitas editoras legais, inclusive a que a Hillary Duff deu autógrafo, que eu não fui vem e nem comprei o livro dela.
O terceiro pavilhão é o verde com muitas editoras excelentes e era o mais tranquilo de se andar. Muitas livrarias de São Paulo estavam nesse pavilhão. Pra quem curte HQ e Mangás, é nesse pavilhão que você os encontra com preços muito bons. 
No geral a Bienal estava muito legal, tinha muita interatividade como na "Maré das Letras" (que fica no terceiro pavilhão) e Um stand de interatividade dos escritores brasileiros pelo mundo (fica em frente da ed. Record). Esse último foi o que meus kids mais gostaram. 
As principais editoras estavam sempre lotadas e já mais no final da tarde estava ficando um suplício entrar para ver alguma coisa. 
Alimentação não agradou muito, e estavam sempre LOTADAS!!!!! Filas e mais filas pra tudo!! Mas isso faz parte! Só achei que o espaço não foi muito bem aproveitado, e alguns stands ficaram pequenos. Vale muito apena ir, mas a dica que dou é chegar de manhã porque ao final do dia fica muito cheio. Eu cheguei umas 11 hs e saí de lá 18 hs!! Claro que estou com vontade de voltar, porque tenho a sensação que não aproveitei direito!
Então vou dar algumas dicas:
  • Compre o ingresso pela internet. Na hora de pegar não tem quase fila nenhuma. Comprar lá são filas Mega Mega grandes;
  • Dá para ir com crianças, mas é muito cansativos para eles, o local é grande e só o pavilhão laranja tem MUITA coisa para eles. No pavilhão verde tem as interatividades, mas é o último, então eles já estão cansados, não aproveitam muito. Mas, tem aqueles carrinhos para alugar, isso ajuda.
  • Não se importe com a fila para pagar o estacionamento, é gigante mas é rápida e custa caro R$ 15,00.
  • Para visitar legal vá duas vezes e faça tudo com calma! É MUITO LEGAL!!!
Nós nos divertimos muito, e felizmente gastei pouco (+ ou -) rsrsrsrs.

O dica de livro que dou é: O Retorno do jovem príncipe de A.G. Roemmers. Um livro sobre a volta do Pequenos Príncipe, já jovem a terra. Eu compre e deve ser bem interessante, depois que eu ler conto aqui!



Aquisições do meu caçula


Aquisições do meu primogênito

 Outras compras do meu primogênito


Minhas compras


terça-feira, 23 de agosto de 2011

O Pequeno Príncipe - O trecho que não esquecerei...




Apaixonei por esse trecho:

"Como o principezinho adormecesse, tomei-o nos braços e prossegui a caminhada. Estava emocionado e tinha a impressão de carregar um frágil tesouro. Parecia-me mesmo não haver na terra nada mais frágil. Observava, à luz da Lua, aquele rosto pálido, seus olhos fechados, suas mechas de cabelo se agitavam com o vento. E pensava: "Oque eu vejo não passa de uma casca. O mais importante é invisível..."
Como seus lábios entreabertos esboçassem um sorriso, pensei ainda: "O que tanto me comove nesse príncipe adormecido é sua fidelidade a uma flor; é a imagem de uma rosa que brilha nele como a chama de uma lamparina, mesmo quando ele dorme..."  E eu então o sentia ainda mais frágil. É preciso proteger a chama com cuidado: um simples sopro pode apagá-la!
E continuando a caminhada, eu descobri o poço, ao raiar do dia." (O Pequeno Príncipe - p. 78)

Litteras et Fidem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Copyright 2014 Litteras et Fidem: 2011 . Personalizado por Meri Pellens . Tecnologia do Blogger.
*Proibido cópia sem autorização da autora. Plágio é crime previsto por lei.*