sábado, 27 de março de 2010

Nos ditos de Santa Terezinha do Menino Jesus e da Sagrada Face....Encontro um abrigo...

"Viver de amor é abolir todo o medo, toda a lembrança dos erros do passado. De meus pecados não vejo nem sinal, em um instante o amor tudo queinou... Chama viva, oh amor tão doce fornalha! No teu seio eu fixo minha morada. Em teus fogos canto aliviada: Eu vivo de Amor!" (Santa Terezinha do Menino Jesus e da Sagrada Face)

"(...) Em lugar de me desencorajar, eu me disse: O Bom Deus não seria capaz de inspirar desejos irrealizaveis, portanto, posso em minha pequenez aspirar à santidade; tornar-me grande é impossível, devo me aceitar como sou, com todas as minhas imperfeições, mas quero procurar um meio de ir para o céu por um peuqeno caminho bem reto, bem curto, um pequeno caminho completamente novo. Nós estamos em um século de invenções, agora não vale mais a pena escalar degraus de uma escada se entre os ricos um elevador a substituiu com vantagens. Por mim, gostaria de também encontrar um elevador que me levasse até Jesus, porque sou muito pequena para subrir a difícil escada da imperfeição. (...) O elevador que deve me levar para o céu são seus braços, oh Jesus! Por isso tenho necessidade de crescer; ao contrário é preciso que eu permaneça pequenina, que eu me torne menor cada vez mais". (Santa Terezinha do Menino Jesus e da Sagrada Face)

quinta-feira, 25 de março de 2010

Indagações sobre a vida

Então...  Tem diversos dia na vida de uma pessoa que tudo parece turvo, perdido, oculto....Acaba-se sentindo medo da incerteza que é fazer escolhas na vida. Dá até medo! Penso na importância que é educar bem um filho para que ele não se torne um adulto de personalidade frouxa e incapaz de tomar decisões sozinhos.
Somos responsáveis pelas escolhas e pelos resultados advindos dela, mas não é nada fácil! A sensação de estar encarando um abismo é infinitamente maior do que ele.

Mergulhar na incerteza só se faz alguém que seja capaz de se colocar totalmente nas mãos de Deus. Alguns acabam mergulhando em um abismo de nada....nada se faz, nada se pensa. A vida fica estacionada como um carro velho esquecido no fundo de um depósito. Mergulha na futilidade, na fantasia, na estória criada para facilitar encarar a vida. Porque ali é fácil de dominar, ali se está onde se conhece pois é o próprio criador. Mas nem por isso deixa de sentir a dor de querer sair desse abismo sem significado para cair em outro cheio de significado e sentido, onde se é capaz de sentir o mundo e a vida com toda a maravilha que ela pode proporcionar. Na alegria e na tristeza, no amor e na dor. Independente das dualidades, torna-se possível debruçar a cabeça e dizer: - Por mais um dia fui feliz!

Ao olhar no horizonte, poderia contemplar as maravilhas da criação de Deus e cantar como os salmistas faziam que mesmo em meio a dor proclamavam todas as maravilhas do criador. E ainda sim dizer sou feliz porque Deus fortalece minha humanidade tã pequena e burra. Poderia olhar a vida com os olhos de uma criança onde tudo é simples e objetivo...Sem pensar demais, ler demais, refletir demais, questionar demais, desacreditar demais, esperar demais. Criança é assim, pensa e fala, pensa e age. Deve ser por isso que Jesus disse que quem não for como as crianças não entrará no Reino dos Céus. Criança é simples! Deus é simples! Tão simples que tuo se complica quando se pensa com Deus.

Quisera poder voltar no tempo e refazer o que não foi feito! Quisera poder voltar e dizer o que eles deveriam ter feito e não fizeram!! Quisera não ter na vida tantos arrependimentos e queixas para enfim, ser capa de decidir e fazer sem que para isso tenha que sentir tanta dor....
Mas a pergunta é: O que não nos deixa fazer o inverso? Esta resposta não sei onde encontrar!

domingo, 21 de março de 2010

Mosteiro Steiniano de Santa Cruz


Fica em Santaluz na Bahia,  a Congregação do Irmãos Steinianos de Santa Cruz. Hoje acabei de criar um blog para divulgar o Mosteiro Steiniano de Santa Cruz, onde vivem os irmão Steinianos. Já pensou gente!! O Primeiro mosteiro no nossa mestra Edith Stein????
Quem quiser saber mais e quiser ajudar a divulgar vai o link....

quinta-feira, 18 de março de 2010

Mini-curso sobre Edith Stein - "Edith Stein: Antropologia e Espiritualidade"

Amigos, mais uma divulgação!!!



Mini curso
Edith Stein: antropologia e espiritualidade

Data: 20 de março de 2010
Horário: 9h00 às 12h00 e 14h00 às 18h00
Local: Auditório Pe. Anchieta (Campus da PUC-Rio - R. Marques de São Vicente, 225 - Ed. Cardeal Leme - térreo)
Valor: R$ 10,00

Proposta:

Edith Stein: Mini - curso de uma manhã no dia 20 de março, para pessoas interessadas no pensamento filosófico de Edith Stein, partindo de seus textos sobre a Pessoa Humana e sua formação.

Na parte da tarde, enfocaremos a filósofa, educadora, conferencista Edith Stein: uma Jornada de Espiritualidade apresentando SANTA EDITH STEIN e a atualidade de sua mensagem. Nesta etapa, podem participar todos os que puderem fazer o aprofundamento da dimensão espiritual e apostólica.

Professoras:

Ir. Jacinta Turolo Garcia - Religiosa do Instituto das Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus (IASCJ), com o nome religioso de Ir. Jacinta. Doutora e Mestra em Filosofia pela Pontificia Universidade Urbaniana, em Roma, Itália. Graduação e Bacharelado em Letras, Português/Inglês pela Universidade do Sagrado Coração e Licenciatura em Pedagogia na mesma Universidade. Atualmente é professora da Universidade do Sagrado Coração, e participante do programa de Pesquisa filosófica do Centro Italiano de RICERCHE FENOMENOLOGICHE, Roma, Itália, associado ao The World Phenomenology Institute, orientada pela Professora Angela Ales Bello, Presidente do Centro.

Drª Maria Lucia Sales Gyrão - advogada, Mestre em Direito Privado, Mestre em Filosofia / UFRJ, doutoranda em Filosofia / UFRJ, professora da Universidade Cândido Mendes - Faculdade de Direito

sábado, 6 de março de 2010

Curso sobre o Post-Scriptum de Sören Kierkegaard

Søren Kierkegaard: Post-Scriptum conclusivo e não científico às "Migalhas filosóficas"

Tradução e comentário por Henri Nicolay Levinspuhl

DATA: encontros mensais a partir do dia 26 de março, sexta-feira.

HORÁRIO: das 14 às 16 horas.



LOCAL: IFEN

Rua Barão de Pirassununga, 62

Tijuca, Rio de Janeiro - RJ

Junto à estação do metrô Saenz Peña.

Inscrições e informações pelos telefones do instituto:
(21) 2268-9907, 2208-6473

É esse Sábado!!!! O III Seminário de Bioética em Niterói RJ - Aspectos Controvertidos do PNDH3


Esta convocação é para todos os católicos!!!

sexta-feira, 5 de março de 2010

Eu adimiro quem consegue!

Quando eu era pequena minha heroína preferida era a "Mulher Maravilha". Aliás confesso que até hoje. Amava assistir os episódios em que ela voltava para para Themyscira para visitar a mãe e as outras amazonas!! Muito legal!!
Depois com a tecnologia, veio a She-Ha...Muito legal!!
Mas, penso que tudo isso me causava uma grande adimiração por serem mulheres independentes e capazes de fazer tudo e estavam sempre lindas, belas e descansadas. Com certeza, é um conto, mas que cria nas meninas uma expectativa completamente diferente dos outros contos de fadas em que a princesa passa o tempo todo suspirando por um príncipe.
Mas, por que estou escrevendo isso? Porque a gente cresce na expectativa de ser uma "mulher maravilha". Eu cresci assim, afinal eu morava com uma!! Minha mãe criava eu e meu irmão sozinha, sem marido e sem empregada... Eu cresci vendo isso e óbvio queria ser assim.
Mas eu não consigo ser como eu gostaria... Dar conta de tudo??!! Eu adimiro quem consegue!!
Cuidar dos filhhos, estudar, cuidar da casa etc....Simplesmente meu dia não dá pra fazer tudo!!
Eu bem que queria fazer tudo, mas não dá tempo!! Mas tem gente que consegue, e eu adimiro quem consegue!
Então tem coisas que eu queria fazer num dia, por exemplo:
1- Ser mãe inteira o tempo que eles estão em casa;
2- Ler muitos livros, talves ao mesmo tempo (rsrsrs) e alcançar a meta de 50 livros em uma ano;
3- Fazer todas as orações e meditações que meu Diretor Espiritual pede;
4- Ver os filmes que eu pego na locadora e ficam meses esperando para serem vistos;
5- Ver minha séries de tv preferidas no horário que elas passam e não nos horários alternativos;
6- Ficar em silêncio, pensando na vida...
Sem contar que ainda tem o trabalho, ir a banco, mercado etc...Coisas de dona de casa..
Acho que é uma dificuldade minha de não saber adequar o tempo e a minha realidade, e isso me incomoda pra valer, mas eu vou fazendo na medida do possível, mesmo que não dê pra fazer e mesmo que eu não fique satisfeita.... Bom, a verdade é que:
Eu adimiro quem consegue!!!
Porque eu....Ainda não consigo...
Bjo!!

Litteras et Fidem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Copyright 2014 Litteras et Fidem: Março 2010 . Personalizado por Meri Pellens . Tecnologia do Blogger.
*Proibido cópia sem autorização da autora. Plágio é crime previsto por lei.*