segunda-feira, 31 de maio de 2010

Final da série “Lost” surpreende os seguidores com leitura católica

Como boa católica e aficcionada por séries de TV não poderia não postar!!




O jornal espanhol La Razón publicou uma análise sobre o último capítulo da série de televisão Lost (Perdidos), que narra as experiências dos sobreviventes de um acidente aéreo em uma misteriosa ilha. Segundo o jornal, a série que durante seis anos manteve “no suspense os milhões de espectadores foi concluída com uma leitura católica”.

No artigo titulado “De ‘Perdidos’ ao céu”, os jornalistas Mar Velasco e Pablo Ginés explicam que “há dois tipos de fãs” de Lost: “os que acreditam que seu valor está na trama e os que acreditam que este reside em seus personagens. Para os primeiros, o final da série foi, em certo modo, decepcionante. Sim, os roteiristas poderiam ter resolvido as muitas incógnitas que restavam (e restarão) por ser resolvidas. Entretanto, para os segundos, a conclusão foi um broche de ouro”.

Os autores consideram que o capítulo final de Lost resolve o aspecto “essencial, o que corresponde ao coração do ser humano, ao significado e ao valor de sua vida e a sua capacidade para ser ‘salvos’”.

“No momento crucial da vida, o ‘homem de fé’ supera o ‘homem de ciência’. A transcendência abre caminho e, apesar de certo sincretismo e da comemoração a todos os credos (a vidraça com símbolos de todas as religiões), o faz em chave cristã. Não em vão a figura do Ressuscitado aguarda os ‘perdidos’ quando estão a ponto de alcançar a plenitude que se encontra do outro lado de uma capela especificamente católica”, indicam.

No último capítulo, a misteriosa ilha é revelada como um lugar físico real “no qual os personagens ‘são resgatados’ de suas frustrações e de seu passado, embora o preço que tiveram que pagar fosse a entrega de sua própria vida (Locke, Jack). No cristianismo, esta ‘ilha’ é nosso mundo físico, no qual peregrinamos os homens e no que Jesus Cristo ‘redime’ no ato de sua entrega na cruz”, explicam os autores.

A última temporada de Lost se caracterizou “pela criação do que se pensava que era uma ‘realidade paralela’ e que finalmente se revelou como um ‘purgatório’, onde cada um ‘re-criava’ a vida que teria desejado viver no mundo: Jack é um bom filho e um bom pai; Kate é inocente; Sawyer é um policial bom, Benjamin é um carinhoso professor… Quando se ‘reconhecem’ entre eles e descobrem que estão neste ‘purgatório’, para alguns se abre a porta da ressurreição e a eternidade (a ‘Luz’ ao outro lado da capela), enquanto que outros devem seguir ‘purgando’ porque ainda ficam assuntos por resolver (Ben, Eloise, Ana Lucia…). Esta idéia é mais cristã que budista: enquanto que no ‘bardo’ budista se fala de um estado intermédio no qual a consciência cria uma ilusão ‘má’ da que deverá liberar-se, na série este processo é ‘bom’ e ‘curador’”.

Do mesmo modo, “o amor não só entendido como ‘eros’, o amor possessivo, mas sim como ‘agapé’, o amor que busca o bem do outro: ‘Jack, espero que alguém faça por ti o que você fez por mim’, diz Locke no momento de maior entrega. O perdão é outra das chaves deste final, que se impõe em uma das cenas mais importantes de toda a série: Locke, que foi assassinado por Ben, encontra-se com ele pouco antes de ir à eternidade: ‘John, sinto muito pelo que eu te fiz: fui egoísta e ciumento, queria tudo o que você tinha’. Locke responde: ‘Se para algo isso te serve, Ben, eu te perdôo’. ‘Obrigado, John. Isso me ajuda. E me serve muito mais do que você possa imaginar’”.

A série termina com o sacrifício do personagem principal. “Jack oferece sua vida para salvar a outros. Ele, que nunca acreditou nas propriedades da ilha, termina por compreender a outro amigo, Locke, que teve que morrer para mostrar a ele o caminho. Um sacrifício que, ao final, adquire todo seu valor e sentido. Também o sacrifício de Desmond, o personagem que nos leva da mão pelo bom caminho: ‘Nos vemos em outra vida, irmão’”.

sábado, 29 de maio de 2010

Dica de Teatro para criançada!




Hoje levei meus rebentos para assistir a peça/musical "O soldadinho e a bailarina". Foi uma peça linda e divertida. Os meninos amaram!! A Luana Piovani estava linda e parecia radiante, como se a felicidade ultrapassasse o semblante. Eu confesso que também fiquei encantada e me remeti a minha bela infância de contos e estórias. Não posso negar, mamãe fez um ótimo trabalho lá atrás e eu não quero deixar por menos com meus menino!! Amamos tudo!! Foi tudo feito com muito bom gosto.
E tem mais!!! Levando uma lata de leite em pós você paga meia entrada!!! Vale a pena ou não vale???




Agora uma outra dica para quem não quer atravessar a Baía de Guanabara! Semana passada levei os meninos para assistir uma linda peça aqui em Niterói chamada "João e Maria". Muito diverdita e linda, com direito a personages passeando entre o público. MUITO FOFA!! Demos muita risada!!! e a dupla é linda de viver!!

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Minha pequenina resenha em outro blog....


Mandei para as meninas do blog: O Que Elas Estão Lendo uma pequena resenha sobre um livro delicioso que eu li chamado: "Um livro por dia - Minha temporada parisiense na Shakespeare and Company". Passa lá pq o Blog é 10 e vale super a pena!!!

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Um encontro que promete!!!


No próximo sábado (29/05) o blog O que elas estão lendo promoverá um encontro com outras blogueira aqui no Rio de Janeiro. Acredito que vai ser muito legal!! Estou ansiosa por esse dia, por conhecer novas pessoas, com interesses semelhantes ao meu, como livros , por exemplo.
Parece-me algo bem organizado, levaremos os livros que estamos lendo no momento, e um livro para trocar com outra pessoas. Eu nunca fui a um encontro desse, e estou achando maneiríssimo!!
Parece que já somos 10 candidatas ao estar nesse encontro. Imaginem 10 mulheres juntas falando de livros e de tudo....Very COOL!!!
Bom pra quem quiser participar será na Confeitaria Colombo do Centro as 14 horas.
Lá no Blog O que elas estão lendo vcs podem ver o encontro que teve na França, muito chic não é??!!



Momento descontração....

Descobri mais um site de viciados em livros....De repente só eu que descobri agora, mas tudo bem! Chama-se "O Livreiro" que é semelhante ao SKOOB.
Lá estava falando do Dia Internacional do NERD (25 de Maio), e tem um quiz pra vc descobrir que tipo de nerd vc é: Achei legal e interessante meu tipo....
Eu sou, segundo o teste uma GEEK, ou seja, tecnologia é a minha vida e estou sempre envolvida em um projeto de dominação mundial por casa disto. Apesar de exibir uma nerdisse sem disfarce consigo manter um estilo descolado e uma vida social.

Divertido!!!

Pra quem quiser: http://www.olivreiro.com.br/home/
O Quiz: http://olivreiro.com.br/blog/2010-05-27-quiz-que-tipo-de-nerd-e-voce

terça-feira, 25 de maio de 2010

Vocação cristã


"Asseguro-vos, meus filhos - disse numa homilia pronunciada em 1967, perante 40.000 pessoas -, que, quando um cristão desempenha com amor a mais intranscendente das ações diárias, dela transborda a transcendência de Deus. Por isso vos tenho repetido, com um insistente martelar, que a vocação cristã consiste em transformar em poesia heróica a prosa de cada dia"
(Josémaria Escrivá - "É Cristo que passa" - p.14)

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Alguns ensinamentos a uma Filotéia


Tenho lido muitas coisas ao mesmo tempo, mas são leituras quetem um propósito a cada momento. Por exemplo, seguindo as orientações de me Diretor Espiritual, faço minhas meditações e orações pelo livro:

Fernandez-Carvajal, Francisco. Falar com Deus- Meditações para cada dia do ano. São Paulo: Quadrante, 2003.
São textos baseados na liturgia de cada dia da missa. São excelentes para aprofundas no Evangelho e até mesmo para ajudar a entender uma passagem ou outra que não nos é muito clara. São vários volumes que abraçam cada tempo da Liturgia da Igreja.

Como leitura de crescimento espiritual para nos ajudarne compreensão da doutrina e da fé, estava lendo, porque terminei hoje:
Sales, São Francisco. Filotéia. Petrópolis: Vozes, 2004.
Livrinho pequenino no tamanho, mas gigante nos ensinamentos. Eu pensava que o terminaria logo e levei meses lendo. Primeiro porque é muito profundo e nos causa grandes transformações, mesmo que quisesse não conseguia avançar... Segundo, é um verdadeiro remédio, se é que posso falar assim, pois a cada tempo espiritual que nossa alma vive e imediatamente ao retornar a ele, você recebe bondosamente e claramente a resposta para o anseio de sua alma. Me apaixonei !! Pr isso compartilho aqui algumas linhas do fim deste tratado para uma Filotéia (Filha de Deus ou como o autor coloca, uma alma que ama a Deus) que pode ser aquela filha espiritual para o qual ele escreveu este tratado, como pode ser eu ou você.

"Tua alma tem uma vontade capaz de amar a Deus e incapaz de odiá-lo nele mesmo. Vê quão nobre é teu coração, que, nada achando entre as criaturas que o possa saciar plenamente, só encontre o su repouso em Deus. Lembra-te vivamente dos prazeres mais queridos e procurados que outrora ocuparam teu coração e julga agora parcialmente se não eram misturados de muita inquietação, pesar, aborrecimento e amargura, de sorte que teu pobre coração só achava aí misérias.
Ah! Com demasiada ânsia vai ao nosso coração atrás dos bens criados, persuadido de achar neles a situação dos seus desejos; mas assim que os saboreia, reconhece a impossibilidade. Deus não quer que ele ache repouso em parte alguma, como a pomba que saiu da arca de Noé, para que volte a seu Deus, de quem se tem afastado.
Ó quão grande é a excelência de nosso coração! E por que o conservamos de nós, contra a sua vontade, nas escravdão das criaturas?
Ó minha alma, deves dizer, tu podes perfeitamente conhecer e amar a Deus; para que te entretens em coisas tão baixas? Podes pretender a eternidade, e por que procuras bens passageiros? Foi esta a infelicidade do filho pródigo; tendo podido viver à mesa deliciosa de seu pai, viu-se forçado a comer resto de animais. Ó alma, tu és capaz de possuir a Deus; infeliz de ti, se te contentas com menos do que Deus!
Eleva pois, e anoma tua alma, que é eterna, a contemplar e aspirar à eternidade de que ela é digna". (p.436-436)

"E também te digo, Filotéia: olhas para o céu e não queiras o trocar pela terra; olha para o inferno e não te lances aí por um prazer momentâneo; olha para Jesus Cristo e não o renuncies pelo mundo; e quando a prática das virtudes te parecer árdua, canta com São Francisco: "É tão grande o prazer que espero, que a dor com prazer tolero!"

terça-feira, 18 de maio de 2010

Está acabando...


Algumas pessoas que me conhecem sabem que sou uma afccionada por séries de TV, especialmente aquelas que tem bastante ação e me permitem soltar uma boa carga de adrenalina. Por isso é com pesar e dor no coração que soube da triste notícia de que a minha série favorita (empatada com SVU) está acabando. Pois é, 24 horas está acabando!! A série é fantástica, eu não perco nenhum episódio e cheguei a quase adiar o parto do meu filho caso ele resolvesse nascer no dia da estréia de uma nova temporada....LOUCURA TOTAL!!!
Mas, enfim, a 8° temporada de 24 horas está para acabar, restam apenas 2 horas ou 2 episódios. Então só queria deixar registrado meu pesar pois não há como negar...24 horas foi a melhor série de ação que eu já vi!!! Vou sentir falta da adrenalina, mas estou aliviada também porque é menos uma série para eu assistir...

Estou curiosa pra saber o que vai acontecer com Jack Bauer!!



Seja lá o que for....
De uma forma ou de outra...
Jack vai se aposentar....



Damage Chloe!!!
or
Dammati Chloe!!

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Camapanha 50 livros em um ano - mais um lido!


Já consegui acabar mais um.....Eeeeeeeeeehhhhhhhhhh!!!


1)Noites Brancas - F. Dostoiéviski

2)Olhos de Menina - Susan Fletcher

3)Amigos de Deus - Josémaria Escrivá

4)Verdades Secretas - David Lodge (Esse fiquei feliz! Tão gostoso de se ler que o fiz em 3 horas!!)

5) O Jogador - F. Dostoiévski

6) Um livro por dia: minha temporada parisiense na Shakespeare and Company - Jeremy Mercer

Próximo....

domingo, 9 de maio de 2010

Ser Mãe


Para todas as mães !!

"Antes de ser mãe, eu fazia e comia refeições quentes.
Eu usava roupas sem manchas.
Eu tinha calmas conversas ao telefone.
Antes de ser mãe, eu dormia tão tarde quanto eu quisesse e nunca me preocupava com que horas iria para cama.
Eu escovava meus cabelos e tomava banho sem pressa.
Antes de ser mãe, minha casa estava limpa todos os dias. Eu nunca tropeçava em brinquedos ou pensava em canções de ninar.
Antes de ser mãe, eu não me preocupava se minhas plantas eram venenosas.
Eu nem sabia que existiam protetores de tomada..
Antes de ser mãe, ninguém nunca tinha vomitado ou cuspido em mim. Eu nunca tinha sido mordida nem beliscada por dedos minúsculos. Ninguém nunca tinha me molhado.
Antes de ser mãe, eu tinha controle da minha mente, dos meus pensamentos, do meu corpo, e do meu tempo. Eu dormia a noite toda!
Antes de ser mãe, eu nunca tinha segurado uma criança chorando para que pudessem fazer exames ou aplicar vacinas.
Eu nunca havia experimentado a maravilhosa sensação de amamentar e saciar um bebê faminto.
Eu nunca tinha olhado em olhos marejados e chorado.
Eu nunca tinha ficado tão gloriosamente feliz por causa de um simples sorriso.
Eu nunca tinha sentado tarde da noite só para admirar um bebê dormindo.
Eu nunca tinha segurado um bebê dormindo só porque eu não queria deixá-lo.
Eu nunca havia sentido meu coração se quebrar em um milhão de pedaços porque eu não pude parar uma dor.
Eu nunca imaginaria que algo tão pequeno pudesse afetar tanto minha vida.
Eu nunca soube que amaria ser mãe.
Antes de ser mãe, eu não conhecia a sensação de ter meu coração fora do corpo.
Eu não conhecia a força do amor entre uma mãe e seu filho.
Antes de ser mãe, eu não conhecia o calor, a alegria, o amor, a preocupação, a plenitude ou a satisfação de ser mãe. Eu não sabia que seria capaz de sentir tudo isso com tanta intensidade. Eu não sabia que ser mãe era tão bom!
Ser mãe é chegar do trabalho e ganhar um beijo estalado e um abraço apertado.
Ser mãe é deixar louça suja na pia e ir assistir Pica Pau bem tranquila no sofá.
Ser mãe é aprender a comer direito para dar o exemplo.
Ser mãe é ganhar um bom dia com um beijinho sonolento todo dia.
Ser mãe é dizer "Eu te amo" toda hora e achar que não foi clara o suficiente.
Ser mãe é sorrir quando se tem vontade de chorar.
Ser mãe é chorar mas ter uma mãozinha acariciando seus cabelos.
Ser mãe é dar: amor, carinho, atenção, abraços, beijinhos, broncas, declarações de amor.
Ser mãe é receber tudo isso de volta.
Ser mãe é deixar de comprar uma bolsa nova para comprar tênis pro filhote.
Ser mãe é deixar de assistir novelas porque as cenas são muito pesadas para uma criança.
Ser mãe é contar milhões de vezes a mesma história.
Ser mãe é ouvir milhões de vezes a mesma musiquinha.
Ser mãe é chamar quatro ou cinco vezes para o banho.
Ser mãe é difícil.
Mas ser mãe é MARAVILHOSO!"

Texto: autoria desconhecida
(Quadro: Mother and Child - detail from The Three Ages of Woman, Gustav Klimt)
Fonte: http://queromoraremumalivraria.blogspot.com/2010/05/feliz-dia-das-maes

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Quem é essa Mãe?

Hoje me emocionei ao ouvir na Ana Maria Braga, (pois é....mãe vê Ana Maria... rsrsrs), a mensagem final do programa sobre as mães. A Ana chorou, eu chorei e acredito que muitas mães choraram.
Para que não sabe eu sou mãe de duas criaturinhas lindas e maravilhosas, que me deixam louca com as artes, mas também me deixam louca de amor. A mensagem resumiu um pouco do que se pode expressar sobre este turbilhão de emoções e desafios que é ser mãe.
Então, neste dia das mães eu dedico esta mensagem a minha mãe Rosaly Maria, que neste ano faz 25 anos que já está no céu ao lado de Jesus, a minha mãedrinha que me criou e cuidou de mim aqui nessa terra quando a minha mãe não pôde mais fazer, Carolina Leite e aos meus filhos lindos e maravilhosos, João Gabriel (cara de pastel) e Ian (cara de maçã).

Que mãe é essa?

Tem bicho mais estranho do que mãe?
Mãe é alma contraditória.
É alegria no choro.
É carinho na raiva.
É o sim no não.
Só mãe mesmo pra ser o oposto...
E depois o contrário de novo.
Vai ver que é porque filho não vem com manual de instrução. 
E pra conduzir as crias no mundo, ela usa só de intuição, pra tentar fazer tudo direito.
Mas como pode ser assim, tão incoerente?
Ela diz:
Filho, você não come nada...
E logo se contradiz:
Para de comer, que eu tô botando o jantar!
E aí ela lamenta:
Ai, que eu não vejo a hora desse menino crescer!
Mas logo se arrepende:
Deixa que eu faço, você ainda é uma criança...
E quando ela manda:
Tira essa roupa quente, menina!
E logo em seguida:
Veste o casaco, quer pegar um resfriado?
Esse menino dorme demais...
Esse menino não descansa...
Essa menina vive na rua!...
Filha, sai um pouquinho, vai pegar um sol...
Pois é, gente, que pessoa é essa que jura que nunca mais...
E no momento seguinte promete que vai ser pra sempre?

Essa pessoa é assim mesmo:
Igual e diferente de tudo o que a gente já viu.
É a fortaleza que aguenta o tranco, só pra não ver o filho chorar.
É o sorriso de orgulho escondido, só pra não se revelar.

Mãe dá uma canseira na gente.
E às vezes tira do sério...
Até que um dia a gente se depara com uma ausência insuportável:
É a mãe que vai embora, deixando um vazio enorme, escuro, silencioso.
E aí descobre que, mesmo errando, ela sabia de tudo, desde o início.
E fez de tudo pra acertar.
Porque criar filho não tem regra - é doação e amor simplesmente.

Então, se você tiver privilégio de abraçar sua mãe nesse segundo domingo de maio, agradeça, porque o presente é seu. E esteja certo:
Mesmo sem manual de instrução, ela continua aí, atrapalhada, contraditória...
Mas com o olhar atento, querendo entender como você funciona.
E fazendo de tudo pra você não falhar.
Feliz dia das mães!

Texto Lena Gino


Eu e meus rebentos...

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Hunf...



Tem horas que bate um desânimo.................



Mas não demora e o socorro chega.....


(...) São João da Cruz, citando esta passagem, comenta: “Que mais queres, ó alma, e que mais procuras fora de ti, se dentro de ti tens as tuas riquezas, os teus deleites, a tua satisfação [...], o teu Amado, Aquele que a tua alma deseja e busca? Rejubila-te e alegra-te no teu recolhimento interior com Ele, pois o tens tão perto”

(...) Às vezes, pensamos que Deus está muito longe, mas a verdade é que está mais perto, mais atento às nossas coisas que o melhor dos nossos amigos. Santo Agostinho, ao considerar esta inefável proximidade de Deus, exclamava: “Tarde te amei, Beleza tão antiga e tão nova, tarde te amei! Tu estavas dentro de mim e eu te procurava fora de mim [...]. Tu estavas comigo, mas eu não estava contigo. Mantinham-me atado, longe de ti, essas coisas que, se não fossem sustentadas por ti, deixariam de ser. Chamaste-me, gritaste-me, rompeste a minha surdez. Brilhaste e resplandeceste diante de mim, e expulsaste dos meus olhos a cegueira”.

(...) Mas, para falar com Deus, realmente presente na alma em graça, é necessário o recolhimento dos sentidos, que tendem a derramar-se e a apegar-se às coisas; é necessário que nos saibamos “templos de Deus” e que nos comportemos de maneira conseqüente; que rodeemos de amor, de um silêncio sonoro, essa presença íntima da Trindade na nossa alma.

(...) Portanto, o primeiro degrau – para que a alma chegue a contemplar a natureza invisível de Deus – é recolher-se em si mesma”.

(...) Para chegar a este recolhimento, o Senhor pede a alguns que se retirem do mundo, mas, no caso da maioria dos cristãos (estudantes, donas de casa, trabalhadores...), quer que o encontrem no meio das suas tarefas. Pela mortificação habitual durante o dia – a que está tão ligada a alegria interior –, guardamos os sentidos para Deus: mortificamos a imaginação, livrando-a de pensamentos inúteis; a memória, deixando de lado as recordações que não nos aproximam do Senhor; a vontade, cumprindo o dever de cada momento.

Eles tem que saber que não estão sós

Por mais que insistam, por mais que tentem...Ainda há muita gente para lutar por eles...

Visitem este post e entendam:
http://www.padredemetrio.com.br/2010/05/eles-tem-que-saber-que-nao-estao-sos/

Litteras et Fidem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Copyright 2014 Litteras et Fidem: Maio 2010 . Personalizado por Meri Pellens . Tecnologia do Blogger.
*Proibido cópia sem autorização da autora. Plágio é crime previsto por lei.*